3 ideias para as working mums

13 Comentários

Felizmente, tenho várias amigas (e a Ana) que incluo na categoria de Mães com letra grande, porque conseguem conciliar – com muito empenho – a vida profissional e a vida familiar. São mães com trabalhos exigentes, onde cada minuto do dia conta, que saltam entre reuniões com clientes, almoços de negócios e assuntos profissionais complexos, mas que não perdem o rumo: adoram o que fazem, mas sabem que a vida não é só trabalho. E que no final do dia, há filhos à espera em casa ou na escola, desejosos de receber os beijos que só nós lhes podemos dar. Felizmente, eu percebi cedo esta necessidade de ter as prioridades bem definidas, porque o início da minha vida profissional quase coincidiu com o momento em que me tornei mãe pela primeira vez.

Por isso, e por que este é um tema que mais tarde ou mais cedo toca a todas, lembrei-me de fazer um apanhado de algumas ideias em que tenho pensado e que costumam resultar de brainstormings com algumas das super mães que referi lá em cima.


Teresa: Saia Lanidor (antiga) ♦ Top Zara ♦ Collants Calzedonia ♦ Botins Calvin Klein

Helena: Parte de cima Honey Baby ♦ Jardineiras OshKosh ♦ Meias Pisamonas ♦ Botas Pisamonas 

Matilde: Vestido em lã Bobóli ♦ Botas Pisamonas ♦ Meias Pisamonas


thumb_img_2533_1024

Perceber que não há soluções perfeitas

Embora a minha vida profissional me leve a não conseguir estar tão envolvida nas atividades diárias das minhas filhas, como seria ideal, procuro estar nos momentos essenciais, e sei que em casa todos estão melhor pelo facto de eu ter uma carreira recompensadora fora de casa. Mais importante do que sermos super mulheres, é quem somos para os nossos filhos – mães felizes, atentas, e modelos nos valores em que acreditamos. Acredito que assim causamos um impacto muito maior na vida deles.

thumb_img_2559_1024 thumb_img_2565_1024 thumb_img_2571_1024

Saber que não somos substituíveis

Os nossos filhos precisam de nós, da nossa presença e da nossa atenção. Não basta um telefonema a dar boa noite (como infelizmente vi acontecer muitas vezes), temos de estar com eles, ouvi-los a contar as mesmas coisas vezes sem conta, perceber a sua forma de ser e de pensar. Enquanto eles são pequenos, nós somos tudo para eles, e é a nossa presença que eles mais valorizam. Estar com eles significa que, por uns momentos, e sempre que for possível, temos que desligar o chip do multitasking e ignorar as mensagens que ficaram por enviar, o telefone que está a tocar, e todas as tarefas “urgentes” que nos vêm à cabeça no momento em que encaixamos as primeiras peças do puzzle preferido deles.
thumb_img_2610_1024 thumb_img_2598_1024

Ver o trabalho de uma forma positiva

O trabalho é a melhor arma para uma mulher que quer conseguir fazer tudo ao mesmo tempo: torna-nos muito eficientes na gestão da casa (o que eu fazia num dia da licença de maternidade faço agora em duas horas), aumenta a nossa resistência, já que depois de uma noite mal dormida é preciso acordar e manter a energia!, ajuda-nos a ter horários (infelizmente não em todas as empresas), mantém-nos intelectualmente interessantes e, se gostamos do que fazemos, como é o meu caso, faz-nos sentir muito realizadas, tornando-nos mulheres e mães felizes.

Obrigada à Bobóli por ter patrocinado este post

13 Comentários em “3 ideias para as working mums

Escrever um Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Instagram @monozigosisters_